Antes de tomar uma atitude radical como o corte de gás, o condomínio deve verificar se a convenção e/ou regimento interno fala desta possibilidade. Se essa previsão não existir, o melhor a fazer é submeter a decisão ao crivo da assembleia.

Preste atenção, é fácil ser um Síndico Profissional, consulte sempre que necessário o corpo diretivo, a Convenção e o Regimento Interno do seu condomínio.

Surgiu dúvidas, consulte o advogado, consulte o Engenheiro se for algo relacionado a obras, manutenção ou estrutura. Se depois disso tudo ainda existir alguma insegurança, leve a decisão para a assembleia.

DICA:

Não haja com emoção, não haja com base no achismo, seja imparcial. O Condomínio não é seu, você foi escolhido, eleito para administra-lo, para representá-lo.

#ficaadica

Mailza Santos